O que é anencefalia?
Médico aponta o ácido fólico como principal meio de prevenir malformações.

Por Karla Bernardo Montenegro

A anencefalia é uma malformação incompatível com a vida. O diagnóstico é preciso e não existe tratamento disponível. Esta é a forma mais grave dos chamados defeitos de fechamento do tubo neural (DTN) que incluem também as mielomeningoceles e as encefaloceles. Sua origem é multifatorial ,portanto, coexistem fatores genéticos e ambientais, em proporções variadas. Segundo estatísticas do ECLAMC (Estudo colaborativo latino-americano de malformações congênitas) a incidência de casos de anencefalia é em torno de 1 para cada 1000 nascidos vivos. Esse estudo foi conduzido pelo Prof. Eduardo Castilla, da Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ), no Rio de Janeiro.

Para o chefe do serviço de neurocirurgia do Instituto Fernandes Figueira (IFF), unidade materno-infantil de referência no Rio de Janeiro para malformações congênitas, Francisco Salomão, uma das principais formas de prevenir a malformação de um feto é tornar rotineiro o consumo de ácido fólico " É fundamental o trabalho de convencimento de médicos de família, obstetras, ginecologistas e outros especialistas no sentido de recomendar e prescrever a vitamina às suas pacientes".

Diversos estudos mostram que a ingestão diária de 400 microgramas de ácido fólico reduz a incidência de DTN em até 70%. Há mais de uma década o Centro de Controle de Doenças em Atlanta, sugere a ingestão de ácido fólico por todas as mulheres em idade fértil. Aqui no Brasil, já há alguns anos, entidades como a Sociedade Brasileira de Neurocirurgia Pediátrica(SBNPed), propugnam pela prevenção dos DTN com ácido fólico. Em dezembro de 2001,como presidente desta Sociedade, encaminhamos um documento ao Ministério da Saúde,sugerindo uma série de medidas profiláticas envolvendo o incremento do consumo de ácido fólico, dentre as quais a fortificação de farinhas. Em junho de 2002, o Ministério da Saúde realizou uma consulta pública visando a fortificação com ferro e ácido fólico nas farinhas de trigo e de milho. Pela Resolução - RDC nº 344, de 13 de dezembro de 2002- decidiu-se que cada 100g de farinha de trigo e de farinha de milho deveria conter 150 mcg de ácido fólico. Essa resolução está entrando em vigor", informa .

- Há aproximadamente um mês, um jornal de grande circulação veiculou uma declaração de produtores de farinhas que alegavam que a medida elevaria seus custos de produção. Declaração infeliz e de absoluta falta de sensibilidade. Na minha opinião, essa quantidade de ácido fólico é insuficiente para conferir uma ampla proteção às gestantes, mas já é um começo,afirma.

___________________________________________________________________

"Os pais têm pleno direito de optar ou não pela interrupção da gestação, o que nesse caso, na minha opinião,significa a interrupção do sofrimento, da frustração e da desesperança."

Dr.Francisco Salomão

___________________________________________________________________

Quando perguntado sobre a decisão tomada pelo Ministro Marco Aurélio Mello, Salomão opina:

-Acho louvável a posição do Ministro Marco Aurélio. A opção pela interrupção da gestação em casos, não somente de anencefalia mas também de outras malformações congênitas, já é um direito adquirido em diversos países. No caso específico da anancefalia, há que se considerar que o diagnóstico é absolutamente preciso, que não existe tratamento disponível e que os fetos são inviáveis. Assim sendo, os pais têm pleno direito de optar ou não pela interrupção da gestação, o que nesse caso, na minha opinião, significa a interrupção do sofrimento, da frustração e da desesperança.

15/11/07 - Médica conclui que bebê nascido há um ano no interior não é anencéfalo. Clique Aqui