Livros relacionados a Bioética

A Bioética É de Má-fé?
Pierre-henri Gouyon; Dominique Lecourt; Dominique Memmi; Jean-paul Thomas; Dominique Thouvenin, 1999, ISBN: 85-1502-415-2, Editora Loyola, 101 páginas.
A bioética apresenta-se como um conjunto de discursos de alerta sobre as perspectivas abertas pelas pesquisas biomédicas. Sábia e racional, como se pode desconfiar de que a bioética é de má-fé? A razão de ser a bioética não é justamente constituir um recurso contra as angústias suscitadas por certas práticas médicas e pesquisas biológicas? Ao lado das necessárias precauções que ela incentiva, que verdade desagradáveis a bioética mascararia?
   
Bioetica - Alguns Desafios
Christian de P Barchifontaine, 2001, ISBN: 85-1502-264-8, Editora Loyola, 347 páginas.

A biomédica é, hoje, um "movimento cultural" (disciplina... ciência) que perpassa todos os âmbitos da vida, desde o nível humano até o cósmico- ecológico. Mais do que nunca hoje ela é sentida como uma necessidade nos setores mais distintos da sociedade, tais como, saúde, política, sociologia, economia e ecologia, entre outros.
   
Bioética Clínica
Cícero de Andrade Urban, 2003, ISBN: 85-7309-706-X, Editora Revinter, 574 páginas
.
A Bioética Clínica é um dos campos mais complexos e desafiadores dentro da Bioética. Requer conhecimento aprofundado tanto dos problemas médicos, científicos e jurídicos, quanto das bases e fundamentos da Bioética. O progresso científico acelerado tornou esta interação indispensável ao exercício da Medicina. No Brasil, este campo ainda é pouco explorado e, neste sentido, esta obra é inédita. A colaboração de autores renomados em várias áreas do conhecimento, de diversas regiões do Brasil e também de outros países, reflete a universalidade e importância da Bioética Clínica no contexto atual. Trata-se de obra interdisciplinar, pluralista, onde cada autor é responsável pela opinião emitida. Destina-se especialmente aos estudantes e profissionais da área da Saúde e do Direito e também ao membros dos comitês de Ética e Bioética com interesse direto nos temas abordados. Os capítulos foram cuidadosamente selecionados e estruturados para auxiliar nas decisões clínicas complexas, enfrentadas diariamente nos hospitais.
   
Bioética e Biodireito - Col. Gestão em Saúde
André Marcelo M. Soares; Walter Esteves Piñeiro, ISBN: 85-1502-465-9, Editora Loyola, 135 páginas.

Esta coleção tem por objetivo principal promover a disseminação do conhecimento gerencial aplicado ás organizações que atuam na saúde, sem dúvida, um dos setores mais complexos de administrar. Pretende interagir com o processo de desenvolvimento gerencial, apresentando os principais conteúdos da moderna administração de saúde, e estimular a visão crítica e socialmente responsável como um desafio-meta da excelência organizacional.
   
Bioética e Direitos Fundamentais
Daury Cesar Fabriz, 2003, ISBN: 85-7604-005-0, Editora Mandamentos, 398 páginas.

Questões que envolvem o desenvolvimento científico na área das ciências da vida e seus desdobramentos éticos e jurídicos no que se refere, principalmente, às várias possibilidades que se apresentam com a manipulação dos genes. Põem-se em perspectiva os limites da ciência a partir dos princípios apontados pela ética da vida e pelos princípios dos direitos humanos e fundamentais.
   
Bioética e Saúde Pública
Paulo Antônio de Carvalho Fortes; Elma Lourdes Campos Pavone Zoboli, 2003, ISBN: 85-1502-702-X, Editora Loyola, 167 páginas.

Coletânea de treze reflexões de bioeticistas e profissionais da saúde brasileiros, propondo uma agenda temática e programática da bioética neste início do século XXI. Na esteira do IV Congresso Mundial de Bioética (Brasília 2002), que segundo especialistas internacionais inaugura a fase da bioética da saúde das populações, esta publicação volta sua preocupação para o enfoque da bioética no contexto das desigualdades sociais latino- americanas, tendo como foco central de abordagem os fatores determinantes e condicionantes do processo saúde-doença.
   
Bioética: Poder e Injustiça
Leocir Pessini; Volnei Garrafa, 2003, ISBN: 85-1502-703-8, Editora Loyola, 522 páginas.

A intenção dos autores, com esta obra, é perenizar o VI Congresso Mundial de Bioética. Além dos temas tradicionais de bioética, esta obra, pela urgência do momento e por opção, destaca prioritariamente contribuições com as mais recentes reflexões relacionadas a três áreas: 1) fundamentação teórica em termos da questão: bioética, poder e injustiça; 2) questões éticas decorrentes das extraordinárias descobertas no âmbito da biologia e da genética (clonagem, células-tronco, embriões, Projeto Genoma Humano); e 3) pesquisa com seres humanos.
   
Biotecnologia, Direito e Bioética
Carlos Maria Romeo Casabona, 2002, ISBN: 85-8648-004-5, Editora Del Rey, 296 páginas.

Os avanços biotecnológicos, com suas inúmeras possibilidades de intervenção na natureza, têm suscitado a necessidade de uma interlocução constante com diversas áreas do conhecimento, visando a busca de um posicionamento que se paute, antes de tudo, pela valorização da liberdade e da dignidade humanas. Além disso, torna-se urgente que os resultdados dessa interação transdisciplinar sejam colocados à disposição de um público cada vez maior, procurando proporcionar aos indivíduos afetados pelos avanços científicos a autonomia necessária para direcionarem suas vidas. Esta publicação tem o mérito de fornecer um amplo panorama sobre a questão, destacando sobretudo os aspectos do Direito e da Ética, capazes de balizar a análise do impacto da biotecnologia especialmente na área genética, sobre o homem e o meio ambiente. Para tanto, conta com a participação de especialistas internacionais em ramos diversos do conhecimento, pertencentes às mais importantes instituições científicas européias, cujos trabalhos aqui se encontram organizados pelo autor.
   
Eutanasia Bioetica e Vidas Sucessivas
Ricardo Barbosa Alves, 2001, ISBN: 85-8824-103-X, Editora Brazilian Books, 453 páginas.

O desenvolvimento da ciência especialmente nas áreas biomédicas, vem obrigando o homem a refletir sobre a vida, a morte, a dor, o destino, o porquê da vida. O homem materialista e agnóstico dos dias atuais não poderá mais esquivar-se de tentar compreender estes problemas existenciais, que se perderam no esquecimento nos últimos séculos. A eutanásia - a morte doce, defendida por muitos, repudiada por outros tantos, enquadra-se perfeitamente no rol desses temas momentosos e polêmicos. E não são poucas as interrogações que a temática suscita. Para respondê-las surge uma nova disciplina, a bioética, que vem ganhando progressiva importância nos círculos acadêmicos e científicos. O autor examina a questão a partir de uma leitura espírita-cristã da vida, da morte e do sofrimento. Apóia-se nos princípios que fascinaram grandes gênios dos últimos cento e cinqüenta anos - como Lombroso, Lodge, Bozzano, Victor Hugo, Russel Wallace, Crookes -, especialmente a lei da palingênese, ou reencarnação, mecanismo indispensável à ascese evolutiva do espírito, e consentâneo com o princípio da indestrutibilidade e transformismo da substância.
   
Introdução Geral À Bioética - História, Conceitos e Instrumentos
Guy Durand, 2003, ISBN: 85-1502-578-7, Editora Loyola, 431 páginas.

Único em seu gênero, este livro constitui uma iniciação metódica ao vasto e complexo campo da bioética. Pensando nos profissionais da área da saúde e nos interessados nos desafios bioéticos. O autor estuda os conceitos fundamentais, os princípios e as grades de análise dos principais autores e correntes contemporãneas. Trata-se de um livro de fôlego, de um trabalho exaustivo, de uma obra fundamental que terá considerável impacto entre os leitores.
   
Manual de Bioetica II - Aspectos Medicos Sociais
Elio Sgreccia, 1997, ISBN: 85-1501-286-3, Editora Loyola, 455 páginas.

As problemáticas encaradas neste segundo volume delineiam um percurso carregado de dramaticidade e mal-estar para o comportamento das pessoas, com inegáveis conseqüências de desarmonia social. Esta desarmonia, por sua vez, alimenta o vazio de valores, debilita a capacidade criativa e ética e questiona as instituições.
   
Novos Temas de Biodireito e Bioética
Vários Autores, 2003, ISBN: 85-7147-312-9, Editora Renovar, 257 páginas.

O presente volume publica textos de alunos e professores, que contêm os resultados da investigação realizada, durante o ano de 2001. Traz os resultados das investigações levadas a efeito em função de alguns problemas centrais no campo da Bioética e do Biodireito: abrangência e princípios da bioética e do biodireito; clonagem; patenteamento genético; eutanásia; reprodução assistida; disposição do próprio corpo. Pretende-se, assim, sistematizar e explorar os temas polêmicos que se encontram na intersecção da Bioética com o Biodireito, campo onde se explicitam o grande desafio para a Ética e o Direito contemporâneo.
   
Tópicos de Bioética
Celso Martins,
2001, ISBN: 85-7501-113-8, Editora Dpl.
Celso Martins analisa em Tópicos de Bioética, à luz da Doutrina Espírita, as possibilidades de avanço científico dentro de padrões de moralidade estabelecidos pelo homem, destacando a moral de Jesus: "Muitos será pedido a quem muito for dado".
   
Da Bioética ao Biodireito
Simone Born de Oliveira, 2002, Editora: Juruá Editora, 216 páginas

Será que a seletividade, a redução da diversidade humana e ainda a violação do direito à privacidade genética serão realidades neste novo século?
Um tema como a manipulação genética e dignidade humana: da bioética ao direito, tem por fim verificar o desenvolvimento da pesquisa científica na área da genética, com suas manipulações e respectivas conseqüências sobre a dignidade humana, a bioética e o direito. Tem que ser possível definir a influência da ética e do direito no desenvolvimento das pesquisas científicas.
Esta obra vem demonstrar o potencial da manipulação genética, sendo dada ênfase ao desenvolvimento do projeto genoma humano com um levantamento dos projetos na área de genética, já executados e dos ainda em curso, pontualizando eventuais benefícios e riscos decorrentes deste conhecimento. É realizada uma análise crítica dos riscos potenciais da utilização do conhecimento adquirido através da manipulação genética. Seletividade, redução da diversidade humana e ainda a violação do direito à privacidade genética são apontados como alguns dos riscos que atingirão diretamente a dignidade do homem; daí a reflexão acerca da importância da bioética e do biodireito, como alternativas à redução do potencial negativo da pesquisa genética e como garantia à dignidade humana.
   

A formação ética dos médicos: saindo da adolescência com a vida (dos outros) nas mãos
Ségio Rego, 2004, ISBN: 85-7541-021-0, Editora: Fiocruz, 183 páginas

   

Bioética e Biorrisco: Abordagem Transdisciplinar
Silvio Valle e José Luiz Telles (org.), Rio de Janeiro, 2003, Editora Interciência; 417 páginas

Clonagem humana, bioterrorismo com agentes geneticamente modificados; alimentos transgênicos, mercado de sementes transgênicas, controle social da atividade científica, bioética, procedimentos de contenção biológica, bem-estar animal... são alguns dos temas reunidos em uma única obra.
Com uma linguagem acessível a todo o público e com a devida profundidade que a temática exige, o livro está dividido em duas partes. Na primeira, o leitor poderá entrar em contato com os principais conceitos na área da biotecnologia e da bioética, se inserindo em um mundo ainda pouco claro ao público leigo. Já na segunda parte, a segurança em laboratórios é explorada em suas mais variadas maneiras, possibilitando um quadro panorâmico do estado da arte na área de biossegurança.divulgação na Fiocruz